top of page

Por que sentimos um chamado para nos conectarmos com as Plantas e com a Natureza


Em meio à rotina frenética e à vida urbana, muitas vezes nos distanciamos de nossa essência mais profunda, daquela parte selvagem que pulsa na alma. Estamos adormecidos para o chamado espiritual da floresta, para a conexão primal com a natureza e com nossa origem ancestral.


Assim como a própria natureza, temos um lado selvagem que busca a conexão com o mundo natural e com nossa própria natureza instintiva. Esse chamado de alma anseia pela liberdade, clama por expressão autêntica.


Este chamado, costumo dizer que é nosso chamado de alma, a nossa verdadeira essência que se manifesta através do sentir, da intuição ou de pequenas coisas que buscamos por interesse. Como por exemplo, este blog. Se você está aqui lendo meu artigo, é porque com certeza sua alma e seus ancestrais te trouxeram até este conhecimento e ele pertence a você.


O despertar desse chamado não é apenas uma reconexão com a natureza ao nosso redor, mas uma jornada interna de autodescoberta e cura. É um convite para explorar nossos instintos mais profundos, nossos desejos mais autênticos e nossas emoções mais selvagens.


É um chamado ancestral que ecoa, nos lembrando de quem verdadeiramente somos. As vezes se manifesta na vontade de produzir uma pomada de ervas, uma garrafada, um xarope, um banho de ervas, um benzimento e de fazer uma expedição pelo conhecimento das Plantas Medicinais e do preparo de remédios naturais.


Ao abraçarmos esse chamado espiritual da floresta, abrimos espaço para a autenticidade e a plenitude em nossas vidas. Permitimos que nossa intuição guie nossos passos, que nossa criatividade floresça e que nossa força interior se manifeste de forma potente.


Honre esse chamado ancestral dentro de você, alimentando-o com coragem, amor e aceitação.


Mas de onde este chamado vem?

Este chamo vem de seus ancestrais. Quando você expande sua raiz familiar, isto fica muito claro para você. A Ayahuasca é um dos facilitadores desta expansão, seja através dos rituais ou até mesmo através da microdosagem.



Tudo vem de seus ancestrais e vem de você também. Explore-se mais. Corra como as onças, dance como as copas das árvores e desabroche como uma flor silvestre. Lembre-se sempre da sua verdadeira essência, livre e selvagem.


A Ayahuasca, medicina sagrada da floresta, pode ser uma aliada nesse processo de despertar. Seu poder de cura e transformação pode nos ajudar a acessar camadas profundas de nossa alma, revelando aspectos esquecidos de nosso ser e nos conectando com nossa essência mais pura.


Nossa conexão com o chamado espiritual da floresta é um lembrete constante de que somos parte de algo maior, de que nossa existência está entrelaçada com a teia da vida. Ao nos reconectarmos com nossa natureza mais selvagem, encontramos um sentido mais profundo de pertencimento e propósito.


Portanto, permita-se mergulhar nesse chamado de alma. Explore sua natureza selvagem, abrace sua autenticidade e liberte sua essência mais profunda. Afinal, somos todos parte dessa dança selvagem da vida, e cada um de nós tem um papel único a desempenhar na grande tapeçaria da existência.


Honre seu Chamado da Alma

O chamado espiritual da floresta ecoa em nossa linha da ancestralidade. Honrar esse chamado não só nos reconectando com a natureza, mas também com nosso propósito de vida e uma jornada de autodescoberta.


Escute atentamente esse chamado e se permita guiar-se em sua própria busca pela terra prometida. Viva em harmonia com a natureza, celebre sua conexão com o mundo ao seu redor e com sua própria natureza instintiva. Lembre-se da sua verdadeira essência.


 

Quem sou eu?

Me chamo Leila, A ERVEIRA. Sou Dirigente Espiritual de trabalhos com a Ayahuasca e Temazcal, sou Botânica, sou Erveira, sou filha da Encantaria, sou Psicoterapeuta, sou Consteladora, Eu Sou o que Sou.

Contato via whatsapp (13) 99757-9570







Comments


bottom of page